Hotel Paços de Ferreira perto do Aeroporto Porto Portugal (OPO) ANA Hotel Quinta do Alves - Turismo no Espaço Rural via A41 e A42

Locais a visitar em Paços de Ferreira distrito do Porto

Situado num planalto verdejante fortemente irrigado, Paços de Ferreira é um concelho que tem vindo a afirmar-se pela modernidade e dinamismo, com destaque para a indústria do mobiliário que a transformou na "Capital do Móvel". Um estatuto conquistado ao longo dos anos e que é agora contado no Museu do Móvel, instalado no antigo edifício dos Paços do Concelho.
O município está localizado na região do Vale do Sousa e é banhado pelo rio Sousa, sendo muito fértil em cereais, vinho e fruta. Inserido numa paisagem verdejante e bucólica, mostra também um interessante património e bonitas casas solarengas espalhadas por todo o concelho, como a Casa do Paço, em Eiriz ou a Casa da Praça, em Frazão.
Um dos seus principais monumentos, a igreja de São Salvador ou de São Pedro, fica na freguesia de Ferreira e é considerada um dos mais perfeitos exemplos do românico rural português. A principal jóia da região é, no entanto, a antiga Citânia de Sanfins, datada do século II a. C., que está entre as mais importantes estações arqueológicas da Península Ibérica e mesmo da Europa. No centro da cidade, o Museu Arqueológico da Citânia de Sanfins guarda algumas das relíquias arqueológicas encontradas no local.

Conheça os principais pontos de interesse de Paços De Ferreira. Um verdadeiro Top 10 de Paços De Ferreira. Os museus, os monumentos, os edifícios de interesse, as vilas e aldeias históricas. Enriqueça a vista nos parques e jardins de Paços De Ferreira, nos miradouros, parques naturais e áreas protegidas. Refresque-se nas piscinas e praias fluviais da região e próximas. Aqui ficam alguns destaques que não deve deixar de visitar.

(fonte revista Lifecooler)

 

A Rota do Românico

Em terras dos vales do Sousa, Douro e Tâmega, no coração do Norte de Portugal, ergue-se um importante património arquitetónico de origem românica. Traços comuns que guardam lendas e histórias nascidas com a fundação da Nacionalidade e que testemunham o papel relevante que este território outrora desempenhou na história da nobreza e das ordens religiosas em Portugal.
Esse património encontra-se estruturado na Rota do Românico, germinada, em 1998, no seio dos concelhos que integram a VALSOUSA - Associação de Municípios do Vale do Sousa - Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel, e alargada, em 2010, aos restantes municípios da NUT III – Tâmega e Sousa (Amarante, Baião, Celorico de Basto, Cinfães, Marco de Canaveses e Resende), unindo num projeto supramunicipal um legado histórico e cultural comum.
Ancorada num conjunto de 58 monumentos de grande valor e de excecionais particularidades, esta Rota pretende assumir um papel de excelência no âmbito do turismo cultural e paisagístico, capaz de posicionar a região como um destino de referência do românico, estilo arquitetónico que perdurou entre os séculos XI e XIV.
Numa viagem pela História, a Rota do Românico oferece ainda aos visitantes momentos de contemplação e convida ao contacto com as gentes da região. Trilhos e caminhos esperam-no para passeios a pé ou de bicicleta, em comunhão com a natureza. Aos mais afoitos o rio Paiva desafia-os para experiências únicas, com descidas de rafting inesquecíveis.
As inúmeras festas e romarias são o palco privilegiado para um regresso aos mercados de antigamente, animados pelos singulares modos de dançar, tocar e cantar. Marcas identitárias também presentes nos ofícios e artes tradicionais, onde sobressaem os bordados, os trabalhos em linho e os restauros de peças de arte em talha e madeira.
Sinta os paladares e os cheiros da cozinha tradicional, sempre regados com os vinhos verdes de excelência nascidos nestas terras. Retempere forças na tranquilidade que envolve as unidades de turismo rural da região ou opte por um passeio por jardins centenários, onde o tempo parece ter parado. Por onde quer que vá, será acolhido com a gentileza e a autenticidade da população local.

(fonte revista A Rota do Românico)

 

Locais a visitar em Paredes distrito do Porto

O concelho de Paredes faz parte do Vale do Sousa, uma região caracterizada por belas paisagens, entrecortadas pelo rio que corre entre margens escarpadas. Há um local especialmente impressionante, onde se forma um açude natural de 50 metros de altura, conhecido como "Salto do Sousa". Noutros pontos do seu curso, o rio é propício à prática de canoagem e de desportos aventura.
No património arquitectónico avultam o Mosteiro de Cête, um monumento tipicamente românico, a Igreja de Bitarães, datada do século XVIII, assim como alguns solares e casas antigas. Na gastronomia, rica e variada, destaca-se o cabrito à moda de Paredes com arroz de forno e, como sobremesa, a sopa seca, iguarias ainda confeccionadas como manda a tradição.
Na área cultural, tem lugar em Paredes um evento que tem vindo a ganhar importância como o mais significativo movimento cultural da região: o Encontr´artes - Encontro de Artistas do Vale do Sousa, que funciona como um ponto de encontro fundamental dos vários campos das artes e um incentivo à "produção" e ao "consumo" de bens culturais.

Conheça os principais pontos de interesse de Paredes. Um verdadeiro Top 10 de Paredes. Os museus, os monumentos, os edifícios de interesse, as vilas e aldeias históricas. Enriqueça a vista nos parques e jardins de Paredes, nos miradouros, parques naturais e áreas protegidas. Refresque-se nas piscinas e praias fluviais da região e próximas. Aqui ficam alguns destaques que não deve deixar de visitar.

(fonte revista Lifecooler)

Script logo